Tuesday, January 25, 2011

Viver em paz um com o outro


Quando eu casei eu lembro de ficar tao chateada com meu marido por nao apagar as luzes de casa antes de sair, aquilo era o suficiente para comecar uma grande Guerra e ficar falando e falando e falando na cabeca dele o tempo todo, dizendo  porque eu tenho que falar sempre as mesmas coisas APAGA A LUZ!
E sem mudanca quando eu chegava em casa no dia seguinte do mesmo jeito, todas as luzes acesas e eu denovo falando denovo.
Com muito custo comecei a entender que ele nao fazia de proposito nos so temos personalidades diferentes e diferentes attitudes , depois de 5 anos batendo na mesma tecla com estes aborrecimentos e percebendo bem devagar que eu trazia as brigas pra dentro do nosso lar  fazendo uma tempestade num copo dagua por algo que nao tinha tanto valor o quanto teria minha felicidade no meu lar. Parei e cheguei a uma conclusao se vai me custar $10,00 a mais na conta de luz  no final do mes  entao valeria a pena pra poder manter a paz na minha familia, A recompensa nao seria tao grande o quanto as dores de cabeca.
Tudo e possivel, viver em paz um com outro. Fazer qualquer coisa pra manter a paz e no casamento isto e muito importante .
Viver em paz significa que as vezes precisamos deixar certas coisas de lado. Certas coisas nao sao grandes o suficiente pra comecar uma segunda Guerra mundial!

Eu conheco casais que brigam tanto por tao pouco que comecam a olhar em outros as qualidades que necessitam como: Poderia ter casado com aquela pessoa ela nao faria isto comigo ou se eu tivesse sozinha nao estaria passando por isto, ou aquele casal se entende muito bem porque o meu nao me entende e para de brigas. Mas pra ser sincero ninguem e perfeito , todos nos erramos e conceguimos tirar qualquer um dos nervos ou fazem algo que nao aguentamos mas e perca de tempo e paz focalizar nisto? Você vê, quando se briga por coisas pequenas, a nossa energia é roubado e lentamente começamos a permitir uma entriga entre nós. Isso é perigoso quando as comparações podem começar, e começar a pensar que precisamos de algo mais. É como esta bola de neve gigante, que começou como algo pequeno, mas se transformou em algo grande, podendo romper o casamento.
Ouvi alguém dizer: "As pessoas vão sair de um casamento com alguém que tem 80% do que eles precisam, porque eles acham os outros 20% em alguém. Mas o que eles não percebem é que ninguém tem tudo.
E se você deixar os 80% para encontrar os 20% que o seu cônjuge não tiver, você vai logo perceber que outra pessoa está faltando em 20% de outra coisa. "Você ainda vai ter alguma coisa para tratar. Alguém ainda vai ter algumas pequenas coisas para olhar que começar em seus nervos. digo isto de ânimo leve, mas se você pode apenas fazer essa pequena mudança em seu pensamento, você não estará comparando mais.

Pense nisso, vale mesmo a pena esta luta muito e divisão sobre as pequenas coisas? Vale a pena todas as cascas de ovos que cada um de vocês sentem que você tem que andar e os conflitos levados para a casa? Será que vale o efeito bola de neve?
Descobri que é fácil começar uma briga, mas é difícil terminar uma luta. É fácil ficar ofendido e dizer coisas que sabemos que não deveria, mas é difícil pará-lo. É difícil deixá-lo ir. É muito melhor do que nunca, mesmo iniciá-lo. Isso é o que diz em Provérbios 20:3, "Evitar uma luta é um sinal de honra." Se você quer que Deus te honrar, se você quiser desfrutar de seu casamento, você precisa ser um pacificador.
Seja o tipo de cônjuge que irá evitar uma luta desnecessária, uma luta que não vai produzir quaisquer boas recompensas. Sua casa precisa ser um lugar de paz. Você e seu cônjuge precisam estar em harmonia. Está mais fortes juntos do que você está distante. Não só isso, seus filhos precisam ver um bom exemplo. Eles vão tratar a sua família da mesma forma que vê-lo tratar uns aos outros.
Deixe-me lhe fazer uma pergunta: Você é ao que comeca as batalhas com o seu cônjuge,  aquilo que pode ser esquecido?
Eu não estou dizendo que você nunca vai discordar um com o outro, mas se divergências, certifique-se que pelo menos alguma coisa importante e gratificante. Não discordam sobre se as luzes estão sempre à acesas ou não, ou em uma implicância pequeno animal de estimação.
Eu encorajo-vos a rezar diariamente a Deus para auto-controle em seu casamento - o tipo de auto-controle, que é paciente e amável, mesmo quando irritado ou frustrado. Nós todos sabemos que essas pequenas coisas estão em nosso casamento. Eu estou pedindo que você faça um compromisso com seu cônjuge e Deus para aprender a ignorar as pequenas coisas com amor e deixar ir. Aprenda a não fazer um negócio grande de coisas que não são um grande negócio. Para mim, eu aprendi querer minha casa cheia de paz e não de discórdia.
Vamos aprender a celebrar o nosso cônjuge tem direito e focar o bem. Lembre-se das razões pelas quais você se apaixonou por essa pessoa! Você ficará surpreso com quanta diferença fará em seu casamento quando você aprender a deixar as coisas pequenas vão.

No comments:

Post a Comment

Post a Comment